Sustentabilidade Como podemos contribuir?

Às vezes pensamos: Será que as nossas ações cotidianas contribuem para a Sustentabilidade do Planeta?

Ouvimos falar da necessidade de grandes ações. Mas afinal de contas, isto é função do poder público, dos governantes. Será que é somente deles? Eu também pensava assim!

Mas refletindo, verifiquei que todos nós podemos, sim, contribuir com pequenas ações, mas que somadas podem gerar grandes ações, para melhorar a nossa qualidade de vida atual, possibilitando a sustentabilidade das gerações futuras. Em muitas ocasiões observamos áreas desmatadas, e esta pode ser a grande oportunidade de iniciarmos a nossa contribuição com a Sustentabilidade do Planeta.

Vejamos agora a minha experiência: Há muitos anos atrás, como participante de uma associação, plantava mudas de espécies nativas, e até as sementes de algumas frutas que consumia no cotidiano.

Os anos se passaram. Aproximadamente 15 anos após o início deste trabalho de contribuição com a natureza, num final de ano, estava neste  local, onde tinha plantado pequenas mudas de mangueiras, agora não mais mudas, mas frondosas árvores, já produzindo frutos.

Debaixo de uma das mangueiras havia alguns adolescentes, saboreando deliciosas mangas. Parei, por alguns momentos, fiquei observando e resolvi fazer uma pergunta aqueles meninos: Quem plantou esta mangueira? Eles pararam, voltaram à atenção para mim, e perplexos responderam:

“Como nós vamos saber quem plantou esta mangueira? Nós não sabemos quem plantou, mas a manga está muito gostosa? Quer provar uma? Agradeci, pensei e respondi: Algum dia, alguém plantou uma pequena muda de mangueira, e hoje vocês estão podendo desfrutar desta pequena contribuição, e vocês também podem fazer o mesmo! No que eles concordaram.

Não importa quem plantou, mas sim, a iniciativa, o exemplo de uma tão pequena contribuição para a revegetação do nosso Planeta. E você, de que forma tem contribuído para a Sustentabilidade do Planeta? “

“Não podemos criar como Deus, mas podemos preservar o que Ele criou”
Prof. Carlos Monteiro

0 respostas

Deixe uma resposta

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *